Enquadramento

PORQUÊ A PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA – PNL?

Se até há bem pouco tempo grande parte das organizações era fortemente orientada por um paradigma de recrutamento high tech, com enorme valorização das competências técnicas e tecnológicas dos seus colaboradores, assistimos hoje à ascensão das habilidades sociais e criativas. O modelo economicista gerador de burnout e de stress encontra-se definitivamente ameaçado por parte de organizações que já se alinharam com culturas que valorizam a pessoa, o seu talento e a sua dimensão humana.

E de que habilidades sociais e criativas falamos? Daniel Pink no seu livro “A nova inteligência”, introduz a temática das competências high touch referindo, entre outras, como competências críticas para enfrentar os desafios da era da criatividade, a capacidade de sentir empatia pelos outros, de compreender as subtilezas da interação entre as pessoas, de saber como encontrar a satisfação de viver dentro de nós mesmos e de ajudar os outros a fazê-lo, e também de conseguir um significado para vida além da rotina diária.

A PNL pode contribuir de forma decisiva para a melhoria dos processos de comunicação intra e inter pessoais. Ao estudar a forma como linguagem verbal e não-verbal afetam corpo e mente, desenvolveu um conjunto de técnicas que permitem controlar cérebro, pensamentos e emoções, expandindo as nossas perceções e modelos do mundo e, consequentemente, desenvolvermo-nos como indivíduos e profissionais.

Faça o caminho da excelência!

Venha descobrir COMO através da Programação Neurolinguística.